Segunda maior fotovoltaica de Portugal começa a produzir electricidade

De Museu da Electricidade

Energia solar

O concelho de Ferreira do Alentejo em Portugal
O concelho de Ferreira do Alentejo em Portugal

Ferreira do Alentejo ligou à rede eléctrica a segunda maior central fotovoltaica do país. O novo aproveitamento vai ser constituído por mais de 63 mil módulos com uma potência total de 12 MW e que produzirão 21,3 GWh/ano de energia eléctrica quando ele estiver totalmente operacional.

Por Ricardo Pinto


A central instalada num terreno de cerca de 60 hectares da Herdade da Chaminé (Ferreira do Alentejo) encontra-se já a produzir parcialmente com os primeiros 6,6 MW instalados e começará a funcionar em pleno até ao final de 2009. O arranque desta segunda fase está dependente da desafectação cerca de 30 hectares de reserva agrícola nacional onde serão instalados os restantes 5,4 MW. O aproveitamento terá na altura 2520 seguidores solares azimutais com 104 painéis cada um.

A nova central é o primeiro projecto fotovoltaico da Generg e teve um investimento de quase 51 milhões de euros. Terá uma vida útil de 25 anos e vai gerar aproximadamente 75% do actual consumo anual do concelho de Ferreira do Alentejo.

De acordo com o administrador da empresa, Hélder Serranho, o empreendimento evitará a emissão de 12 mil toneladas anuais de CO2 e a importação de cerca de 48 mil barris de petróleo não refinado. Criará igualmente seis empregos, três dos quais permanentes.

O concelho de Ferreira do Alentejo conta já com duas outras centrais fotovoltaicas, uma da Net Plan (1,8 MW) a funcionar em pleno desde Dezembro de 2008, e outra da Ventos da Serra (10 MW) que começará a produzir parcialmente em Junho de 2009 (ver o artigo Ferreira do Alentejo constrói nova central fotovoltaica).


Fonte

RTP, em 9 de Marçode 2009


Artigos relacionados

Óbidos investe 37 milhões em energia solar

Ferreira do Alentejo constrói nova central fotovoltaica

Martifer instala parque fotovoltaico no sul de Itália

Mértola já tem duas centrais fotovoltaicas

Alta de Lisboa recebe projecto de microprodução solar

Belas Clube de Campo investe em renováveis

Tecneira contrói parque fotovoltaico de 10 MW no Alentejo

Central fotovoltaica da Amareleja arranca em pleno

Moura financia projectos de microgeração do concelho em 70%